Publicado em: Quarta-Feira, 06.05.2015 às 00:00

Beto Pereira convoca nove pessoas para as primeiras oitivias da CPI Enersul/Energisa


Beto Pereira convoca nove pessoas para as primeiras oitivias da CPI Enersul/Energisa

Na reunião da CPI Enersul/Energisa desta terça-feira (05.05) foram apresentados três novos requerimentos. O Deputado Beto Pereira (PDT), relator da Comissão, apresentou requerimento solicitando o comparecimento de nove primeiras testemunhas para abrir a fase de oitivas. Serão convocadas pessoas citadas em um relatório da empresa de consultoria Price Waterhouse e em um processo judicial, que corre em segredo de justiça, movido pela Enersul contra o banco Daycoval. São seis pessoas que participaram pela Enersul das transações financeiras com o banco: Aldir Jonas Wolf, Valdir Jonas Wolf, Ariel Vilchez, José Carlos Santos, José Rodrigues Alves e Gilmar Rodrigues Ferreira; duas pessoas ligadas ao Banco Daycoval: Salom Dayan e Regina R. M. Nogueira; e um representante da ANEEL: Antônio Araújo da Silva.

O relator também informou que a CPI já está de posse das cópias do processo judicial onde a Enersul solicita a devolução de R$ 62.285.207,95 que foram retirados de uma conta corrente da empresa no Daycoval. Esse valor teria sido usado para saldar parte da dívida de R$ 183.000.000,00 que a Rede Energia tinha com o Banco. De acordo com o processo, a Enersul afirma que essa retirada foi feita sem previsa autorização.
“Com a cópia do processo em mãos já podemos ter informações necessárias para começar a ouvir as pessoas envolvidas. Para as primeiras convocações usamos o critério de valores. Vamos interrogar primeiro aqueles nomes que constam das transações financeiras de maior valor”, afirmou o deputado Beto Pereira.

O deputado Marquinhos Trad (PMDB) colocou a apreciação dos membros da Comissão duas solicitações: a primeira sugerindo uma visita ao Tribunal de Contas da União para solicitar informações sobre as operações da ANEEL com as concessionárias de Energia; e outra requerendo a convocação do Presidente da Energisa em Mato Grosso do Sul, Marcelo Silveira da Rocha, para prestar depoimentos à CPI. Todos os requerimentos encaminhados na sessão foram aprovados por unanimidade pelos membros da Comissão.

Da Assessoria
Foto: André Maganha

voltar