Café com prosa reúne pedetistas por mais espaço na política

Mulheres do Partido Democrático Trabalhista de Mato Grosso do Sul se reuniram na manhã desta sexta-feira na sede do Diretório Regional do partido para um “Café com Prosa”. O intuito foi provocar o debate em busca de mais espaço político e refletir sobre o Dia Mundial da Mulher, comemorado no 8 de março.

Participação representativa

Com a participação da professora doutora Sônia da Cunha, titular dos programas de pós graduação em Educação e em Psicologia da UFMS, o evento contou com as presenças da senhora Maria Divina, esposa do juiz aposentado Odilon de Oliveira, pré-candidato ao governo do Estado pelo PDT, do deputado federal Dagoberto Nogueira; do vice-presidente do PDTMS, Antonio Carlos Biffi; do membro do Diretório Nacional, Jordaci Vieira de Matos, que também é presidente do MCT (Movimento Comunitário Trabalhista); o pré-candidato ao Senado Chico Maia; e diversas lideranças dos movimentos sociais coordenadas pela secretária da pasta, Kelly Cristina e a professora Madalena Pereira, secretária da Ação da Mulher Trabalhista.

Ninguém é perfeito

Em sua palestra, Sônia da Cunha falou sobre diversos temas relacionados a luta das mulheres para construção de uma sociedade igual, em que a participação da mulher seja valorizada e compreendida em suas angustias e sentimentos. Violência, educação e formação profissional foram algumas das temáticas abordadas.
Para ela, é preciso desconstruir a imagem de que e mulher é perfeita. “Ninguém é perfeito. Não existe a perfeita mãe e dona de casa. Existe a mulher que batalha para construir uma sociedade melhor”, afirmou Sônia da Cunha.

Mais mulheres candidatas

Dagoberto Nogueira lembrou que muitas conquistas já ocorreram no sentido de buscar a igualdade de gênero, mas reconheceu que ainda há muito a fazer, como o fato da desigualdade salarial nas empresas, entre outras situações. “Temos que motivar as mulheres a entrarem na política, pois as mudanças só acontecem por meio da política. Temos que convencer as pessoas disso e aumentar a participação feminina como candidatas”, ressaltou.

Kelly Cristina também deixou seu recado. Disse que é preciso disputar mais espaços de poderes dentro do partido, nos parlamentos e nos comandos das instituições. Na mesma linha, a professora Madalena falou que os espaços devem ser ocupados por mais mulheres. “Por isso, a importância do encontro em que o debate possibilita novas oportunidades. Temos que participar mais, se quisermos ocupar mais espaço”, completou ela agradecendo a presença de todas e todos.

Related posts

Deixe uma resposta