Lurdes Caldeira, suplente de Neli Fancicani, é empossada na Câmara de Angélica

Lurdes Caldeira, do PDT, tomou posse nesta segunda.
Neli Facincani, 44 anos, morreu no dia 15 de março vítima da Covid-19.

A Câmara de Vereadores de Angélica deu posse, na manhã desta segunda-feira (22), à suplente Lurdes Caldeira, do PDT, como titular da vaga que havia sido conquistada nas eleições de 2020 pela vereadora Neli Fancicani. No dia 15 de março, quando completava 44 anos de idade, Neli faleceu em decorrência de complicações da Covid-19.

Lurdes Caldeira  retorna à Câmara Municipal após 13 anos (foi vereadora entre 2004 e 2008). Com 66 anos, Lurdes tem uma vasta experiencia no poder executivo e pretende lutar pela igualdade de classes no município de Angélica, por acreditar que a política pode levar à população uma vida mais digna e humana.

A cerimônia de posse durou 30 minutos e ocorreu na Câmara Municipal. Lurdes Caldeira já havia declarado estar constrangida com a situação. “Todos os suplentes sempre desejam assumir, mas jamais dessa forma”, pontuou. Porém, ressaltou que vai trabalhar juntamente com os colegas em prol do município.

O PDT/ MS mais uma vez reitera os sentimentos pela perda de Neli Fancincani, que deixou um legado e uma história de luta admirável, e deseja a Lurdes Caldeira um mandato de muitas lutas e vitórias.

Ascom PDT/MS

Deixe uma resposta